GLOSSÁRIO LOGÍSTICO (O)

| A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z |

OBSOLESCENCE COST
veja CUSTO DE OBSOLESCÊNCIA

OBSOLESCENCE RISK
veja RISCO DE OBSOLESCÊNCIA

OBSOLETE STOCK
veja ESTOQUE OBSOLETO

OCR - OPTICAL CHARACTER RECOGNITION
veja RECONHECIMENTO ÓTICO DE CARACTERES

OEM
veja FABRICANTE DE EQUIPAMENTO ORIGINAL

OFF-ROUTE POINTS
veja PONTOS FORA DA ROTA

ON-BOARD COMPUTER
veja COMPUTADOR DE BORDO

ON-CARRIAGE (DISTRIBUIÇÃO) (ON-CARRIAGE)
Transporte de produtos para o destino após descarregamento do principal meio de transporte.

ONE-TO-ONE MARKETING (ONE-TO-ONE MARKETING)
É fazer a empresa voltar-se para o cliente individual, conhecendo seu cliente mais e de forma continua. Por meio de interações com esse cliente. a empresa pode aprender como ele deseja ser tratado. Assim, a empresa torna-se capaz de tratar esse cliente de maneira diferente dos outros. No entanto, one-to-one marketing não significa que cada necessidade exclusiva do cliente deva ser tratada de maneira exclusiva. Em vez disso, significa que cada cliente tem uma colaboração direta na maneira como a empresa se comporta com relação a ele.

ONE-WAY TRIP
veja VIAGEM DE MÃO-ÚNICA

ONGOING GOODS
veja PRODUTOS EM TRÁNSITO

ON-HAND BALANCE
veja SALDO DISPONÍVEL

ON-ORDER STOCK
veja ESTOQUES DE PEDIDOS

ON-TIME DELIVERY
veja ENTREGA A TEMPO

OPEN ORDER
veja PEDIDO EM ABERTO

OPEN-TO-BUY
veja ABERTO PARA COMPRA

OPEN-TO-RECEIVE
veja ABERTO PARA RECEBIMENTO

OPERAÇÃO ALTERNATIVA (ALTERNATE OPERATION)
Substituição de uma etapa normal no processo de manufatura.

OPERAÇÃO DESCENDENTE (DOWNSTREAM OPERATION)
Tarefa subseqüentes à tarefa atualmente planejada ou em execução.

OPERADOR DE TRANSPORTE COMBINADO (COMBINED TRANSPORT OPERATOR - CTO)
Parte que assume transportar os produtos utilizando modos diferentes de transporte.

OPERADOR DE TRANSPORTE MULTIMODAL - OTM (MULTIMODAL TRANSPORTATION OPERATOR)
Qualquer pessoa jurídica, transportador ou não, que celebra um contrato de transporte multimodal e atua como principal, e não como agente, assumindo a responsabilida-de pela execução do transporte porta-a-porta frente ao contratante.

OPPORTUNITY COSTS
veja CUSTOS DE OPORTUNIDADE

OPT
veja TECNOLOGIA OTIMIZADA DE PRODUÇÃO

OPTIMAL REPLENISHMENT MODEL
veja MODELO DE REABASTECIMENTO ÓTIMO

ORÇAMENTO (BUDGET)
Expressão financeira de objetivos. O qual inclui entrada e saida total no fluxo de caixa.

ORDEM DE COMPRA (PURCHASE ORDER)
Autorização do comprador usada para formalizar uma transação de compra com um fornecedor. Pedido de compra quando dado a um fornecedor, deve conter nome, número de peça, quantidade, descrição e preço dos produtos e serviços solicitados; termos acordados quanto a pagamento, descontos, data de desempenho e transporte; e todos os outros pertinentes a compras e execução pelo fornecedor.

ORDEM DE CONFIRMAÇÃO (CONFIRMING ORDER)
Ordem de compras emitida a um fornecedor, listando os bens ou serviços e os términos de um pedido feito oralmente ou de outra forma, que se adianta ao documento usual de compras.

ORDEM DE FLUXO (FLOW ORDER)
Um pedido efetivado pela produção feita no decorrer do tempo e verificada por uma contagem acumulativa até a quantidade da ordem de fluxo estar completa, em vez de mover materiais pela produção como lotes integrais.

ORDEM DE MESCLA (BLEND ORDER)
Ordem de montagem em indústrias de processo.

ORDEM DE MOVIMENTO (MOVE ORDER)
Autorização de mover um item específico de uma localização para outra.

ORDEM DE PARADA (HOLD ORDER)
Ordem por escrito que determina que certas operações selam interrompidas ou encerradas, aguardando mudança no projeto ou outra disposição de material.

ORDEM DE SEPARAÇÃO (PICK ORDER)
Ordem de retirar certas quantidades de produtos ou produtos específicos do estoque (para expedição e/ou processo de produção).

ORDER CLERK
veja AGENTE DE PEDIDOS

ORDER FILL CAPACITY
veja CAPACIDADE DE EFETIVAÇÃO DE PEDIDO

ORDER FILL RATE
veja TAXA DE ATENDIMENTO DO PEDIDO

ORDER PICKING LIFT TRUCK
veja EMPILHADEIRA PARA SEPARAÇÃO DE PEDIDOS

ORDER PICKING
veja SEPARAÇÃO DE PEDIDOS

ORDER POINT
veja PONTO DE PEDIDO

ORDER POOLING
veja COMBINAÇÃO DOS PEDIDOS

ORDER SHIPMENT
veja EXPEDIÇÃO DE PEDIDO

ORDER-FILL RATIO
veja TAXA DE ATENDIMENTO A PEDIDO

ORGANIZAÇÃO MODAL (MODAL ARRANGEMENT)
Organização modal é um sistema estruturado que cria uma corrente de racionalidade com facilidades padronizadas de movimentação, desde os fornecedores até o destinatário final, o último cliente. A organização modal implica na determinação do módulo da embalagem, padronização de corredores e endereços de estocagem; padronização das dimensões das docas e racionalização dos veículos de transporte que devem trabalhar com dimensões que propiciem ocupação plena com os contenedores padronizados.

ORGANIZAÇÃO ORIENTADA AO PRODUTO (PRODUCT ORIENTED ORGANIZATION)
Modo como as responsabilidades estão divididas em uma unidade organizacional com base em grupos de produtos.

OUT OF GAUGE CARGO
veja CARGA FORA DAS DIMENSÕES

OUTLET
veja VENDA E DISTRIBUIÇÃO DIRETA

OUTSOURCING
veja TERCEIRIZAÇÃO

OVER PIVOT RATE
veja TARIFA ADICIONAL (TRANSPORTE AÉREO)

OVER PIVOT WEIGHT
veja EXCESSO DE PESO (TRANSPORTE AÉREO)

OVER, SHORT AND DAMAGE
veja INFORME DE DANOS, FALTAS OU EXCEDENTES

OVERALL LOWERED HEIGHT
veja ALTURA INFERIOR GLOBAL

OVERPACK
veja EMBALAGEM EXTERNA

OVERPANAMAX
Navio com dimensão superior a 295 m (comprimento), 32.25 m (largura total) ou 13,50 m (calado máximo).


 

Fonte autorizada:
Sindiex - Sindicato do Comércio de Exportação e Importação do Estado do Espírito Santo