Importação

10 estratégias para seguir antes comprar no exterior

Alex Cardoso
February 5, 2020

10 estratégias para seguir antes comprar no exterior

A globalização aproximou o cliente final dos produtos comercializados no exterior. A prova disso é o aumento expressivo das compras pela internet. O comércio exterior pode ser um bom negócio até mesmo para pequenas empresas, basta que o gerenciamento do processo seja feito de forma profissional. A seguir confira algumas orientações para diminuir, e até mesmo eliminar, possíveis dores de cabeça.

Pesquise sobre o produto

Preço e qualidade podem ser verificados mesmo a distância. Antes de prosseguir com a transação, colete o máximo de informações possíveis. Não tenha preguiça.

Estude constantemente o mercado

O produto que hoje parece um bom negócio exportar, amanhã pode ser excelente importar. Os mercados mudam e grandes oportunidades aparecem de repente. Fique atento!

Faça e mantenha contato pessoal

O comércio exterior não precisa ser um ambiente frio e técnico. Independentemente do porte da empresa, do outro lado sempre vai haver um ser humano como você.

Delegue tudo que não for sua especialidade

O comércio exterior é uma atividade com características particulares em diversos setores. Use os serviços de especialistas para ajuda com câmbio, fretes internacionais, processos aduaneiros e todas outras atividades necessárias para que o produto chegue ao seu destino.

Preste atenção e calcule o preço final do produto

Não se esqueça da diferença de preços FOB e SIF, além dos eventuais impostos. Antes de fechar o negócio, esteja seguro de saber quanto vai ter de rentabilidade e lucratividade.

Tome um cuidado extra com a documentação

A burocracia no comércio exterior é um pesadelo, mas não é possível fazer comércio exterior sem uma série de documentos e informações. O pior é que a maioria dos erros só é percebida quando a carga está a meio caminho. Poucas coisas são mais frustrantes do que ter uma carga retida no porto por causa de pequenos enganos na documentação.

Padronize seus processos

Compra e venda de produtos do exterior segue uma lógica, mas depende do tipo de produto que está sendo comercializado. A grande maioria depende de vários passos para realmente mudar de mãos. O ideal é ter um bom sistema de gerenciamento de dados.

Certifique-se a qual categoria pertence o produto que quer comercializar

Cada categoria segue normas particulares e muitas precisam de uma documentação especial. A área de saúde e alimentação são exemplos clássicos de classificação fiscal diferenciada.

Monitore a concorrência

Algumas empresas podem estar vendendo seus produtos abaixo do preço de mercado para se livrar de estoque ou mesmo para prejudicar a concorrência. Isto é uma prática ilegal que deve ser denunciada.

Tenha uma boa fonte de consulta

Sejam dados públicos ou privados, as variáveis envolvidas são inúmeras e rapidamente a massa de informações fica bastante extensa. Escolher sabiamente a fonte de dados é um diferencial importante.

PR

SP

SC

Onde estamos