Logística

PROJETO PUMA II - Pinho participa do maior empreendimento privado da história do Paraná.

Grupo Pinho
March 3, 2022

Ao longo dos nossos mais de 80 anos no setor de logística, importação e exportação, o Grupo Pinho teve a oportunidade de fazer parte de projetos grandiosos. E justamente por termos uma vasta experiência em todas as etapas de importação de produtos e maquinários de grande porte, temos a honra de realizar toda a logística de importação das peças e máquinas da nova fábrica da Klabin: o Projeto Puma II.

O complexo industrial localizado em Ortigueira, no Paraná, terá duas etapas de expansão até 2023, contando com a construção de duas inovadoras máquinas de papel.

O projeto fará da Klabin a primeira empresa do mundo a produzir o papel Eukaliner, do qual já possui a patente. Junto ao White Top Kraftliner, os papéis exigem menos gasto energético para serem produzidos e possuem resultados até 20% superiores que os atuais produtos do mercado.

O grande diferencial do nosso trabalho é que além da expertise com desembaraço, uma etapa muito delicada que exige muito cuidado e conhecimento, conseguimos atender em todo o processo de importação. Ou seja, cuidamos da carga até ela ser entregue no destino final. Se tratando de maquinários de grande porte, ter esse controle total faz toda a diferença, mas exige muito conhecimento e expertise.

Dentre os equipamentos importados, existem muitos itens com excesso de dimensões e/ou peso, e para esses itens o planejamento e engajamento dos intervenientes é essencial. Existe uma complexidade grande no que refere-se ao transporte e movimentações destes itens com pesos que chegam a 100 (cem) toneladas e mais de 40 (quarenta) metros de comprimento, explica Rafael Anaya, Supervisor do Grupo Pinho do Projeto Puma II.

Se faz necessário um olhar crítico e atento ao detalhe, para prever o que pode ocorrer e tentar antecipar todos os possíveis gargalos, antes mesmo de coletar este material no exterior. Tudo precisa estar bem alinhado, a coleta na fábrica, o embarque no porto de origem, a descarga no porto de destino, a liberação aduaneira no porto de destino, e a coleta no porto até a fábrica da Klabin.

Uma História que Começa em Eldorado...

Um dos pilares do Grupo Pinho foi sempre trabalhar com grandes parceiros e antes de chegarmos no Projeto Puma II, em 2019 fizemos um trabalho minucioso no Projeto Eldorado, desenvolvido pela Andritz - e que depois de finalizado, fomos contratados novamente para os projetos seguintes.

Após a Klabin contratar a Andritz no Projeto Puma II para a montagem de 5 linhas da fábrica, o Grupo Pinho foi o escolhido pela Andritz como fornecedor logístico, sendo responsável total no desembaraço e com um time In House (dentro da Andritz) em toda a parte logística com responsabilidade compartilhada.

A Andritz Pulp & Paper é uma empresa austríaca de engenharia de instalações, referência e líder mundial no fornecimento de sistemas, equipamentos e serviços para a produção de celulose, papel, tissue e cartão. A Andritz atua também na manutenção completa de fábricas, otimização, modernização e reconstrução de equipamentos, peças de reposição e suporte técnico de campo.

Como funciona o nosso trabalho no Projeto Puma II:

Após a execução planejada, a Andritz faz o pedidos dos itens para os fornecedores no exterior (alguns casos a Andritz da Finlândia compra e vende para Andritz do Brasil).

E é após essa etapa que nós entramos.

Todo e qualquer projeto demanda muita organização.  É um desafio para a Pinho, contribuir com o cliente para organização e planejamento de ações, a fim de otimizar os embarques de importação, encontrando a forma mais eficaz de conduzir o processo, com objetivo de atender o resultado macro e não somente uma demanda isolada, agregando produtividade e quando possível, reduzindo custos finais dentro do projeto todo, ressalta, Anaya.

Assim que os fornecedores emitem os documentos necessários para o envio ao Brasil, a equipe In House da Pinho recebe esses documentos e verifica minuciosamente.

As etapas constituem em:

  1. Análise da classificação fiscal pré-estipulada.
  2. Definir a melhor classificação das peças e fazer a documentação.
  3. Verificação de restrições de embarque.
  4. Disponibilidade do agente de carga.
  5. Acompanhamento da efetivação do embarque.
  6. Compilado dos documentos do desembaraço.
  7. Double-Check dos documentos
  8. Acompanhamento da liberação aduaneira da carga.
  9. Entrega da carga

AS ETAPAS ANTES DO EMBARQUE:

Mesmo esses produtos já tendo uma classificação fiscal pré estipulada, a Pinho faz a análise dessa documentação e ajusta, caso necessário.

Para fazer a validação, a equipe da Pinho conversa com a engenharia e todas as áreas envolvidas no processo para entender e trazer a melhor classificação de todas as peças e deixar a documentação de acordo.

Outro detalhe que definimos é verificar se qualquer importação tem restrição de embarque, para proceder de acordo com as normas.

Na sequência, a Pinho também  verifica a disponibilidade do agente de carga para carregar o produto a ser importado.

Se faz necessário um olhar crítico e atento ao detalhe, para prever o que pode ocorrer e tentar antecipar todos os possíveis gargalos, antes mesmo de coletar este material no exterior. Tudo precisa estar bem alinhado, a coleta na fábrica, o embarque no porto de origem, a descarga no porto de destino, a liberação aduaneira no porto de destino, e a coleta no porto até a fábrica da Klabin, explica Anaya.

AS ETAPAS DURANTE O EMBARQUE:

Após o time In House aprovar o embarque, acompanhamos a efetivação do embarque e, juntamente com o time de desembaraço, fazemos o compilado de documentos para que tudo ocorra conforme planejado.

Para ter o controle e a segurança total do processo, o time de desembaraço faz um double check nesses documentos, complementando o trabalho do time In House. Após o double check, seguimos para o acompanhamento para a liberação aduaneira dessa carga.

Nessa etapa, como afirma Anaya, enquanto comissária de despachos, um grande desafio é a quantificação de equipe para atendimento, visto que trata-se de um projeto temporário e que possui curvas onde o volume de embarques sofre um incremento. "Isso, nos obriga a ter pessoas qualificadas para atender os picos, mas encontrar uma forma de aproveitar este recurso em momentos de menor volume, sem a necessidade de abrir mão deste colaborador, visando sempre reter pessoas talentosas e diminuir o turnover, o que garantirá ao cliente maior qualidade".

AS ETAPAS NA CHEGADA DA CARGA:

Na chegada da carga, inicia-se a liberação aduaneira com um trabalho de interação com perito e Receita Federal, auxiliando de forma próxima para liberação ocorrer sem problemas.

A Pinho além de um interveniente neste processo de importação, é também o representante legal do importador, portanto, a empresa que é uma das  “vozes” do importador frente aos órgãos anuentes.

Muitas vezes, somos também um elo entre o importador e os órgãos governamentais para alinhamentos, dada a característica particular desses embarques, e precisamos explorar a expertise que temos para executar processos de forma adequada, que atendam a necessidade do cliente e estejam em conformidade com as normativas legais, destaca Anaya.

Ainda durante a liberação, a Pinho trabalha para o acompanhamento e planejamento do transporte rodoviário dessa importação junto com a transportadora.

Esse trabalho é feito para otimizar o transporte já que é preciso entender qual é o processo e qual a dimensão da carga para ter caminhões adequados a cada carregamento. O nosso objetivo é otimizar o espaço nesse transporte com um melhor uso dos veículos.

Nesse procedimento, também é preciso entender qual modalidade de transporte precisa ser feita e assim, auxiliar o transporte rodoviário nessa questão.

Finalizada essa etapa com a entrega no destino, finalizando o processo com sucesso.

Detalhe importante: No caso dos processos de importação com a Andriz, não temos a devolução do contêiner vazio, pois a empresa tem contêiner próprio.

Poder realizar esse trabalho, de extrema responsabilidade, também traz muita satisfação a todos que fazem parte do Grupo Pinho. Como comenta Rafael Anaya:

Acredito que o mais gratificante é você saber que fez parte de um projeto muito complexo e robusto - esta será uma das maiores fábricas de celulose do mundo - e que a sua participação contribuiu para que este projeto prosseguisse rumo à concretização.

Para saber mais sobre o Projeto Puma II, assista ao vídeo abaixo!


Fale conosco
Contact us

Entre em contato pelo formulário abaixo, logo iremos atendê-lo.
Send us a message.