Importação

Tutorial: Documento LPCO na Importação

Grupo Pinho
March 3, 2022

Uma novidade lançada no primeiro semestre de 2020 para melhorar o Comércio Exterior Brasileiro, o novo processo de importação, conta com diversas melhorias para todas as etapas, desde o controle de carga até o pagamento de impostos e intervenientes do seguimento. 

E uma das melhorias é o módulo chamado de LPCO ( “Licenças, Permissões, Certificados e Outros Documentos”). Ele é um módulo que já estava em uso na Exportação desde a implantação da DU-E (Declaração Única de Exportação) e que agora também está integrado com a Declaração Única de Importação (DUIMP).

Para explicar como é feita o preenchimento do documento LPCO na Importação, separamos um tutorial simples e prático para facilitar essa etapa. 

Mas antes, saiba quais itens fazem parte do  novo processo de importação

Itens do Novo Processo de Importação:

  • Declaração única de importação (DUIMP)
  • Catálogo de produtos
  • Cadastro de atributos
  • Controle de carga e trânsito (CCT)
  • Pagamento centralizado do comércio exterior (PCCE)
  • Licenças, permissões, certificados e outros documentos (LPCO)
  • Gerenciamento de riscos


Tutorial para Preenchimento do Documento LPCO na Importação:

Antes no novo formato, elaborar a nova Licença de Importação levava mais tempo. Agora, em apenas 5 etapas você consegue preencher a Licença e essa facilidade também se deve pelos dados do módulo Catálogo de Produtos previamente cadastrado, que são aproveitados nessa etapa.

Passo 1: Menu LPCO -> incluir Pedido

Acesse o módulo de Importação do Portal Siscomex. -> clique no Menu LPCO e depois em Incluir Pedido.

Passo 2: Órgão Anuente -> Modelo

Selecione um “Órgão Anuente” e o “Modelo de LPCO” correspondente.

Depois, clique no botão “Prosseguir”, conforme imagem acima.

*Nesse tutorial, usamos o modelo “Medicamentos de Controle Internacional”.

OBS: Caso tenha dúvidas, leia: Quais anuências preciso para a minha importação?

Passo 3: Dados Básicos

Neste modelo, o Órgão Anuente é a Anvisa. A próxima etapa é basta selecionar o CNPJ do Importador, o Número do Registro do Remédio perante a Anvisa e depois selecionar o produto no botão “Adicionar Item”.

Passo 4: Selecionar o Produto através do Módulo Catálogo de Produtos

Clique “Adicionar Item”. Automaticamente o Portal Único abrirá a tela de filtro do Catálogo de Produtos para você localizar o item.

Escolha o Item dentre os produtos filtrados. Confira imagem abaixo:

*Caso, o item ainda não esteja cadastrado no Módulo Catálogo de Produtos, clique em “Incluir”.

Após a seleção do item, o próximo passo é adicionar o País de Origem.

IMPORTANTE: Vale lembrar que é possível vincular mais de um item no LPCO.

Após efetuar este preenchimento, clique no botão “Registar”.

Passo 5: Registrar o LPCO

Feito o Registro, aparecerá o número do LPCO, bem como uma chave de acesso. O Status ficará pendente de análise.

Pronto, agora é só esperar a aprovação do seu LPCO de Importação. Como você pode ver, o processo está bem simplificado e intuitivo.

Trabalha com Importação? Quer se capacitar ainda mais para estar sempre atualizado no mercado do Comércio Exterior? Conheça a Academia Pinho.



Fale conosco
Contact us

Entre em contato pelo formulário abaixo, logo iremos atendê-lo.
Send us a message.